Suruba

— Tira a perna da minha cara.

— Só se você tirar a mão da minha bunda.

— Pra botar aonde?  Na cintura dela?

— Não falem de mim na terceira pessoa.  Eu tô aqui embaixo.

— Isso a gente já percebeu.  Este pé aqui é seu ou da minha mulher?

— Depois de tanto tempo de casado, você nem é capaz de reconhecer o meu pé?

— Na posição em que a gente está, não dá pra reconhecer nem o meu.  Vai ver que é o meu.  Belisca aí pra ver o que acontece.

— Aiiiii!

— Ah, é da fulana.

— Eu não sou fulana, tenho nome.  E foram vocês que me convidaram.

— É, mas a ideia de experimentar essa posição foi sua.

— Isso agora não interessa.  Tem é que resolver.

— Concordo.  Alguém aí tem uma mão livre?

— Serve dois dedos?

— Vai ter que servir.  Dá pra pegar o telefone?

— Se a gente se mover um pouco pra direita, acho que dá.

— Então, vamos no três.  Um.. Dois … Três.

— Ufa.  Peguei.  E agora?

— Liga pros bombeiros.  Diz que é urgente.

 

 

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Deixe você também o seu comentário