Ser diferente é normal

Fiquei muito chocada. Na verdade, fiquei chocada e com uma dor no coração como há tempos não sentia, isso por causa da notícia que li esses dias sobre o bebezinho que foi abandonado pelos pais em uma maternidade particular do Rio. O motivo? Ele tem Síndrome de Down.

Fiquei imaginando aquele serzinho, que não tem culpa nenhuma de ter nascido, que não pediu para estar aqui (ou pediu, sei lá, só Deus sabe), mas que, enfim, é puro e inocente, sozinho naquele hospital, abandonado, sem pai nem mãe. Com sua vida literalmente nas mãos de médicos e enfermeiros, esse recém-nascido agora luta para sobreviver, aprisionado em uma UTI Neonatal por causa de sérios problemas cardíacos. E cadê os pais?

Como eles conseguiram sair pela porta afora, assim, como se estivessem deixando um sofá para trás? Não entendo que tipo de ser humano está por trás de atitudes como essa. Nada no mundo lhes dá o direito de abandonar um filho, absolutamente nada! Não entendo como uma mãe, que gerou um bebê por nove meses dentro da própria barriga, possa ter a capacidade de deixá-lo para trás no momento em que mais precisa de carinho, afeto e família. Sinceramente, impossível pensar que esses pais deitam e dormem tranquilos, sabendo que têm um filho lutando para viver em um hospital, longe deles.

Me pergunto que tipo de coração bate nessas duas pessoas desalmadas. Pode até ser que eles venham a se arrepender, talvez já até tenham se arrependido… mas não importa! O que é certo é que não são merecedores do amor e da alegria que esse filho lhes daria.

Espero do fundo do coração que este bebê sobreviva e encontre um lar — um lar de verdade, com pessoas que o amem profundamente, que cuidem dele e lhe deem a atenção especial de que ele precisa.

Espero também que ele seja muito, muito feliz, porque SER DIFERENTE É NORMAL.

 

 

3 comentários em “Ser diferente é normal

  • 25/10/2011 em 09:57
    Permalink

    Bom dia Júlia!Misericórdia querida…que dor no coração…pessoas assim nem deveriam ter sido abençoadas para gerar/por um ser no mundo.Não há nada que justifique esse abandono…Mas Deus sabe o que faz e certamente isso aconteceu porque Ele tem algo bem melhor pra ela,melhor do que viver com quem a pôs no mundo! Isso revolta e é impossível até mesmo descrever tamanha barbaridade…Arrasou como sempre, sou sua fã!Boa semana,bjão!Deus te abençoe

    Resposta
    • 25/10/2011 em 11:46
      Permalink

      Menina, não é? Ë de acabar com o coração de qualquer mãe, como nós, que amamos os nossos filhos incondicionalmente….

      Beijos em vc Nadia querida!

      Resposta

Deixe você também o seu comentário