Meu dia-a-dia

Ontem tive um pega pra capar com a Odetinha, mas, no passado, ela já teve um comigo também; cheguei em casa e ela estava dormindo sentada na poltrona, e ela brigou comigo porque dei o flagrante e ela desapareceu por seis meses. Eu não a tinha repreendido, mas ela se sentiu ofendida, coitada, devia estar exausta.

Nunca me esqueço de uma moça que trabalhou comigo quando as crianças eram pequenas, ela era um amor de pessoa, mas era alcoólatra, bebeu tudo que eu tinha em casa, depois os perfumes e álcool puro. Peguei-a dormindo abraçada na vassoura na minha cama de casal e me espantei muito, porque eu não sabia do alcoolismo dela. Mary preenchia as garrafas com colorantes para eu não perceber. Depois de uns meses ela voltou e pediu para ser readmitida, disse que tinha parado de beber, que tudo não passava de um problema do centro de macumba que frequentava, mas eu não tive coragem de colocá-la em casa de novo, pois meus filhos eram muito pequenos.

Dispensei a Odetinha após vinte anos, ela simplesmente deu banho na Nina e a prendeu na varanda com um sol terrível e sem água. Quando cheguei em casa e vi a cena, entrei em pânico; e se eu tivesse voltado às quatro da manhã?! A Nina estaria morta!

Ai ela me disse que ia voltar para soltá-la, foi porque ela deu banho na cachorra (sem eu pedir), e para ela não molhar minha cama, a prendeu, mas que voltaria em breve para soltá-la. Eu respondi: vem cá, Odetinha, e se você torcesse o pé e tivesse que ir para uma emergência? Se o prédio pegasse fogo? Conclusão, ela disse que não faria isso de novo. Deus queira que não faça.

Ela teve uma culpa parcial no incêndio na cozinha, coloquei uma vela em cima da geladeira, ela saiu batendo a porta e estava ventando, aí a vela tombou. Mas não a culpei, na verdade fui eu a inconsequente, vela não se acende dentro de casa de jeito nenhum.

A Odetinha discutiu comigo, disse que eu não era higiênica com a Nina e eu respondi, “mas ela tem medo de tomar banho, passo uma solução de álcool com vinagre e água nela sempre”. Odetinha respondeu, “não tem que ter medo, qual é, isso é um absurdo! rsrsrsrsrs. Ela tem que tomar banho de quinze em quinze dias…” e eu baixei a cabeça. É… Cães de pelo curto não devem se banhar com frequência.

Agora, também desisti de dar ração a ela, mesmo as mais refinadas, estrangeiras, são uma porcaria, colocam até unha dentro. Passei a dar carne crua e osso; ai, my God, tenho horror disso, sou vegetariana, mas o que posso fazer? Cachorros são carnívoros, mas na Índia eles não comem carne!

Briguei esta manhã com Nina Hagen, ela comeu abacate, esta fruta e chocolate são veneno para cães, a lindinha se botou sozinha de castigo. Amo ela.

 

 

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. manuelfunes disse:

    Hilario…agora não sei por quem? rs rs rs

  2. Gustavo disse:

    Adoro o que vc escreve Rosane! Nina Hagen além de cantar imagino que seja uma gata.Verdade?
    Bjo,
    Gustavo.

Deixe você também o seu comentário