Marketing é tudo

fotoTerceiraIdadeHá uma campanha de divulgação de um fórum internacional para tratar de assuntos da terceira, quarta, melhor etc. idade, como queira chamar essa fase da vida onde já se acumulou muita experiência e muita ruga.
Soube que a aceitação e adesão estão muito baixas, pudera, com a foto que colocaram no cartaz de divulgação, ninguém se anima. Trata-se da fotografia de quatro idosos de cabelinhos brancos e óculos, ostentando um sorriso meio forçado daquele tempo em que quase todo mundo tinha que usar prótese dentária.
Ora, ninguém quer se identificar com essas pessoas. Nós sempre queremos imaginar que estamos muito melhor do que na realidade aparentamos, tanto é, que nas reuniões da turma da escola, quando encontramos ex-coleguinhas, sempre nos surpreendemos ao ver como os amigos de folguedos envelheceram rapidamente, esquecendo que certamente os outros estão imaginando o mesmo a nosso respeito. As fotografias e filmes nos dão algumas dicas, mas logo nos esquecemos e ficamos com uma imagem muito melhor do que a que realmente temos em nossa imaginação.
Lembro-me de um caso desse encontro de ex-colegas, onde um olha para o outro e, reconhecendo o colega, pensa que este envelhecera demais e se apresenta lembrando que estiveram no mesmo ano na escola. O outro, aparentando não se lembrar muito, pergunta: “E que matéria o senhor lecionava na época?”
Isso ilustra muito bem o que quero dizer.
O fórum parece ser muito interessante, com palestras de vários especialistas na vida depois dos sessenta. Um tema, inclusive, trata da nova cara da terceira idade. Ora, por que então não colocaram um casal na faixa dos sessenta bem em forma e com roupas mais modernas? Com isso não quero sugerir velhotas de minissaia mostrando joelhos encarregados de suportar a pele ali acumulada, muito menos cabelos longos e tratados com muito carinho com chapinha e alisantes, que ficam muito bem em cabecinhas adolescentes, mas que até nos espantam quando detrás da cabeleira surge um rosto inesperado. Há muitas maneiras de se vestir, principalmente de maneira esportiva, que nos economizam vários anos. Estive no ramo de moda por muito tempo pra saber que com pequenas trocas de acessórios, grandes diferenças podem ser conseguidas.
Costumo ter um bom sexto-sentido no que concerne a tendências, e percebo que nós, os novos velhos, estamos nos aceitando muito melhor e alguns até se orgulham da idade que têm, considerando sua aparência. E quando a gente se aceita, os outros também o fazem. Tenho o privilégio de conviver com muita gente que passa muito longe de estar se queixando das mazelas que os anos trazem, e tratam de rir muito em conversas com amigos, esquecendo os resultados dos últimos exames médicos.
Penso que esse fórum poderá trazer muitos benefícios, pois trata entre vários outros assuntos de cinema, finanças e turismo. Os hoje avulsos quem sabe não encontrem ali um sapinho pra beijar e sair em viagem de núpcias para um destino turístico ali sugerido?
Quem sabe?
postado também aqui

Um comentário em “Marketing é tudo

Deixe você também o seu comentário