Enriqueça seu vocabulário

 

AFAFO s.m. 1. palavra utilizada para não dizer nada, mesmo quando se precisa dizer alguma coisa 2. sem conteúdo nenhum 3. palavra desprovida de sentido 4. discurso vazio

 

A mulher entrou na sala, toda arrumada, com um vestido roxo de espantar fantasma de cemitério, e perguntou ao marido se estava bonita. Ao pobre, naquela situação, só restou dizer afafo.

Dizer afafos é um recurso muito utilizado no dia-a-dia e mesmo assim não existe no dicionário uma palavra oficial para designá-los. Visando preencher essa lacuna, lançamos neste momento uma campanha para incorporar “afafo” à língua portuguesa. No devido tempo, organizaremos em Copacabana a “Marcha pelo Afafo Legal” e um abaixo-assinado na internet pedindo um projeto de lei admitindo a existência do afafo e regulamentando o seu uso.

A palavra afafo é uma criação genial do José Paulo Carneiro. Se ele não tivesse nenhuma outra qualidade, o que está longe de ser verdade, só inventar afafo já teria feito a diferença.

Tivemos dúvidas quanto a divulgar ou não essa palavra, como se reconhecer formalmente a essência do afafo pudesse tornar nossa sociedade ainda mais elusiva. Mas se o mal existe no mundo independente de identificação, então é melhor reconhecê-lo. Na política, principalmente. Estamos todos cansados de afafos. Em episódio recente, um ministro reuniu a imprensa para dar explicações, mas só enumerou uma coleção de afafos. Os jornalistas se esparramaram em comentários, muitos deles também afafos. O correto seria chamar de afafo o que realmente é um afafo.

O cara não quer magoar aquela menina tão boazinha e tão sem graça que conheceu há uma semana e não sai do pé dele. Um afafo bem engendrado é a solução.

Você leva uma tremenda fechada no trânsito e não quer baixar o nível utilizando palavras de baixo calão. Abra a janela do carro e grite para o meliante, o mais alto que puder: “Afafo!” Ele não saberá como responder, mas ficará puto: objetivo atingido.

Uóxiton não é brilhante e teve uma ideia que é um verdadeiro afafo. Você precisa explicar isso a ele, de preferência sem se sentir culpado nem mostrar superioridade intelectual. Contra um afafo, a solução pode ser outro afafo maior ainda. É claro que o Uóxiton não vai entender seus “argumentos”, mas ficará com a mente ocupada por algum tempo e, com um pouco de sorte, pode até esquecer a tal ideia.

Os dicionários estão cheios de palavras que praticamente não usamos. Afafo é uma palavra infinitamente mais necessária do que, por exemplo, xirimbamba, procumbir ou estentóreo.

Algumas pessoas tentarão boicotar esta campanha afirmando que já existem palavras para designar o afafo. E quais seriam? Nada? Não serve: nada é negação, afafo é afirmação, tem sustança. Baboseiras, bobagens, disparates? Não servem: têm conotação negativa, afafo é neutro. Há situações em que a expressão p… nenhuma seria adequada, mas onde fica a elegância?

Acredite: depois de adotar o afafo, você não vai conseguir viver sem ele.

 

 

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Adélia disse:

    “Não me venhas com afafos!” TaÍ, gostei. Bjs, Adélia

  2. elza k disse:

    um afafo pra vc Claudinha!…

  3. Graça Gago disse:

    Cláudinha
    Gostei do seu afafo, vou propor aqui em Portugal, que os nossos politicos e comentadores não “afafem” tanto.

  4. jose mauro disse:

    Sugiro que a paseata seja transferida da Av. Atlantica para o São João Batista. Todos devem ir de roxo e assim contaremos com a presença de muitos fantasmas que não precisarão se deslocar até Copacabana. Certamente vai ser um “afafo”. Eu diria até um “AFAFÃO”. A idéia do José Paulo Carneiro é, indubitavelmente (grande palavra), um grande afafo. Com esta iniciativa ele está absolvido de todos os afafos de sua vida. Grande Zé!

  5. Dorita disse:

    Não conhecia a palavra afafo mas adorei. Benvinda “afafo”.

  6. Mina disse:

    Achei muito boa esta crônica!! Viva o afafo!!! Viva para as pessoas que como ela e o José Paulo não têm medo de inovar quando se trata de melhorar a nossa vida!!

Deixe você também o seu comentário