Achados e Perdidos

Você já perdeu brinco em avião, em vôo noturno, com a cabine no escuro ou quase isso?  Nessa hora é que a pessoa descobre até onde aquelas poltronas são cheias de recantos e almofadas soltas.

Também, o que se espera de uma poltrona cujo assento é flutuante?  Parece até coisa de agente secreto.  Ah, você não usa brinco?  Pode tentar com caneta ou qualquer outro objeto pequeno. Mas se for brinco, as possibilidades de lidar com a perda são mais interessantes.  Tire o outro brinco, ou fique com brinco numa orelha só, e diga ao desembarcar que é a última tendência no Rio.  Talvez seja mesmo, você é que está por fora de moda jovem… e de moda velha também.  Quem sabe começa aí uma bem-sucedida carreira de estilista, perdão stylist.

 Perder óculos é um clássico, mas há quem perca até dentadura.  Pergunte a qualquer atendente dessas montanhas-russas mais violentas.  A pessoa pode até encontrar a dentadura depois de vasculhar aquele terreno todo, mas é provável que não queira mais usá-la devido ao seu estado lamentável.  Ah, você se considera imune porque não usa dentadura, nem conhece ninguém que use e ainda tope andar em montanha-russa…  Antes de entrar num desses brinquedos radicais, pense seriamente em colocar no bolso o aparelho móvel dos seus dentes.  A opção, bem mais difícil, é abster-se da gritaria e fazer a jornada toda de boca fechada.

Quem nunca perdeu um arquivo importante, todos os dados do disco rígido, ou as trezentas músicas do iPod?  Ah, sei, você não perde nada, mas conhece alguém que já passou por isso.  Ainda perguntou se ele tinha backup e deu aquela risadinha safada.  Perdeu o amigo.

Pensando bem, por que não abrir um concurso para eleger a coisa mais estranha que alguém já possa ter perdido?  Então, vamos lá.  A única regra da competição é bem simples: tem que ser objeto concreto.  Não vale perder a hora, a paciência, a compostura, o fio da meada.  Dentadura também está fora.

Tanto faz se o perdido foi achado ou não, mas a veracidade do fato deve ser comprovada.   E-mails para este site.  O resultado será publicado aqui.  Se o participante achar necessário e solicitar, sob pseudônimo!

 

2 comentários em “Achados e Perdidos

  • 17/08/2011 em 20:40
    Permalink

    Minha mão ja me perdeu em meio a uma daquelas lojas populares como a C&A. Pois eu era muito pequenina e me embaralhava em meio as araras de roupas! E numa dessas, minha mãe conta que chegou a ficar quase uma tarde inteira a minha procura, pois me acomodei numa delas e acabei adormecendo dentre as calcas jeans!!!! Dá pra acreditar!

    Resposta
    • 17/08/2011 em 21:32
      Permalink

      Tem razão, é incrível!
      Por medida de segurança, os jurados do concurso recomendaram que, se ainda for o caso, você pare imediatamente de acompanhar a sua mãe às compras.

      Resposta

Deixe você também o seu comentário