Achados e Perdidos – O Concurso

Foi surpreendente (além de qualquer expectativa) o número de e-mails recebidos sobre a crônica da semana passada. Impossível deixar de registrar alguns.

Houve quem perdesse a chave de casa. E daí, dirá o leitor, que graça tem isso?  Mas todos os dias?

Perder chave de carro também não é original. Exceto no caso do leitor que a perdeu num trajeto de vinte centímetros, entre o ato de abrir a porta e o de ligar o motor. Quase um enigma.

Houve quem perdesse pulseira de ouro e desconfiasse que o vizinho da poltrona ao lado teria, digamos assim, se apropriado indevidamente da joia. Nesse caso, o leitor que mandou o e-mail era o vizinho.

Houve quem perdesse o dente da frente. Na rua, na hora de maior movimento. As regras do concurso dizem que dentadura não vale, mas será que um dente isolado pode ser classificado como dentadura?

Houve quem visse um lado positivo em perder coisas. Foi o caso da leitora que perdeu peso. Peso é abstrato ou concreto? Está ou não enquadrado nas regras do concurso?

Houve quem achasse bala perdida. Não vale. Não sei bem por que, mas não vale.

E o leitor que descalçou os sapatos no cinema e depois os esqueceu lá? A situação é tão original que talvez mereça até o primeiro lugar.

As inscrições do concurso terminam esta semana. Não perca o prazo. Aliás, perder prazo não vale.

 

2 comentários em “Achados e Perdidos – O Concurso

  • 13/08/2011 em 16:22
    Permalink

    Eu me perdi. Fui procurar um numero em uma rua que parecia nao ter fim. Perguntei.
    Nao …volta pra la. Voltei. Derepente, onde estou? A sensacao de estar perdida e’ horrivel. Quando vi’ estava passando por minha rua e levei um susto.Ufa, nao estava perdida. Me perdi…me encontrei…mas foi um susto, mesmo que por pouco tempo.

    Resposta
  • 13/08/2011 em 14:44
    Permalink

    Claudia, estou te enviando minha participação no concurso
    ACHADOS E PERDIDOS

    Declaro que achei o Senhor da minha vida, e perdi o medo de ser feliz!

    É verdade, está escrito!

    E quanto a voce, desejo bom êxito em todos os teus empreendimentos.
    Seja muito feliz, Claudia, com a graça de Deus!

    Resposta

Deixe você também o seu comentário