A capital inglesa, que saudade!

Hoje acordei com uma saudade louca de Londres, aquela saudade nostálgica sabe? Aquela vontade de estar lá na terra da rainha Elizabeth, que não dá para identificar se é boa ou ruim; de voltar no tempo e reviver tudo que vivi lá. Quer dizer, eu viveria algumas coisas de outra forma, diferente; afinal eu só tinha 16 anos, mas, enfim…

Foi apenas um ano, mas valeu por dez. O que aprendi naquela cidade encantadora, na marra, na cara e na coragem, não tem preço. Tive momentos difíceis por lá: outra língua, outro clima, outro tipo de amigos, outra escola. Mas, posso garantir, os momentos divertidos que passei pesam, e muito, para o lado bom da balança!

Na verdade, frequentemente acordo com saudades de Londres. As vezes até dói, e demora um pouco até eu cair na real — o que passou, passou; e isso não tem absolutamente nada a ver com não estar feliz. Sou muito feliz na minha vida atual, graças a Deus. É apenas saudade de um tempo bom e de uma cidade boa, e bota boa nisso, saudades do tube, da Leicester Square, do British Museum, das lojinhas dos indianos, do Regent’s Park, dos cafés no Soho, das barracas de Camden Town… e até daquele frio de rachar os ossos. Tenho saudades de tudo!

Além do quê, como os ingleses e europeus, em geral, são mais adiantados que nós, né? A cabeça deles está a séculos, anos-luz na frente da nossa, tanto em irreverência, quanto em educação. Não tem como não ter saudade de um lugar assim, tão organizado e civilizado (com exceção dos hooligans, é claro). O que seria de se estranhar é não ter saudades de lá, isso sim. Londres é sinônimo de vida, de boa vida. E quem não gosta de viver bem?

Seria ótimo se eu pudesse, nestes dias nostálgicos, dar um pulinho ali no aeroporto, comprar uma passagem rumo a Londres e passar uns dias por lá, refazendo a cabeça e a alma. Li outro dia em uma entrevista que o autor de novelas Aguinaldo Silva faz isso — vai não exatamente para Londres, mas para vários destinos diferentes, dependendo do ânimo. Fiquei imaginando o quão bom deve ser!

Mas, nem tudo pode ser como queremos, a não ser que comece a chover dinheiro. O que não seria uma má ideia. É isso aí! Vou ficando por aqui, louca para estar lá!

 

2 comentários em “A capital inglesa, que saudade!

  • 31/10/2011 em 17:18
    Permalink

    Julia!!!
    Eu estive lá pouco mais de um mês atrás e até então não tinha me dado conta o quanto estava com saudade de lá. Foi muito bom e já estou planejando voltar assim que der.

    bjs

    Resposta
    • 31/10/2011 em 17:26
      Permalink

      Mario que inveja!!!! Eu estive lá em 2008, é muito tempo já…..

      Need some London fog right now!!!!

      bjs

      Resposta

Deixe você também o seu comentário